top of page

O espaço físico escolar influencia no processo de aprendizagem

As instalações e serviços do espaço escolar interferem diretamente no desempenho do educando.

Ao escolherem uma escola para seus filhos, os responsáveis tendem a ser bem cautelosos e levam em consideração uma série de critérios como: rankings educacionais, grau de especialização dos profissionais, prestígio da marca, localização, currículo escolar, acessibilidade e espaço físico.


De acordo com o estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), divulgado em 2011, a infraestrutura das escolas é aspecto fundamental para elevar a aprendizagem. O estudo analisou cerca de 3 mil colégios de ensino fundamental em 16 países da América Latina. Concluiu que em escolas com melhor suporte estrutural o desempenho dos alunos é superior.


Portanto, dispor de um ambiente educacional adaptado às condições dos usuários é fundamental para o sucesso escolar. É importante pensar no conforto acústico, térmico, visual, luminotécnico e ergonômico das dependências escolares, pois impactam diretamente no aprendizado dos alunos.


É importante avaliar desde o tamanho das acomodações até as cores dos ambientes e mobiliários. Materiais que possuem objetivo pedagógico como murais e quadros, devem estar ao alcance visual dos alunos. As crianças, especialmente, aprendem na relação com o espaço.


O ambiente escolar está alinhado com a proposta pedagógica da escola e permite colocá-la em prática. O arranjo espacial auxilia no desenvolvimento cognitivo e motor da criança, além de trabalhar o imaginário e o subjetivo.


“A estrutura física da escola é muito mais do que vigas, pilares, alvenarias... o espaço escolar é um organismo vivo e que precisa ser adaptado à proposta pedagógica. A escola deve ser um espaço seguro, lúdico e revigorante, para educandos e educadores.”

Wesley Almeida | Engenheiro Civil na AWL Engenharia


Sabendo que a criança é impactada pelo meio social e cultural, pensar no espaço físico escolar é fundamental, visando proporcionar aos educandos possibilidades de interações e trocas de saberes. Neste ponto de vista, a infraestrutura escolar pode ser considerada uma ferramenta de aprendizagem, pois proporciona segurança e oferece oportunidades ilimitadas por meio do estímulo do desenvolvimento social, motor e sensorial do discente e do fortalecimento dos laços entre professor, aluno, família e comunidade.




O relatório "Infraestrutura e Aprendizagens na Educação Básica Latinoamericana: uma Análise a partir do Serce" está disponível em: http://idbdocs.iadb.org/wsdocs/getdocument.aspx?docnum=36201660



 

Graziele Lopes é Educadora, Mercadóloga e Especialista em Qualidade.



2.074 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page